Como fazer um marketplace B2B

Cada vez mais empresas têm iniciado, ou até mesmo finalizado, o processo de compras por meio digital. Com este cenário, o marketplace B2B tem se tornado uma excelente modalidade para as empresas que querem desenvolver e escalar seus negócios. Sabendo que empresas B2B (business to business) sofrem com as variações inflacionárias brasileiras, diferenciar uma negociação de outra em até 20% no valor final, preparamos este post, para te apresentar o conceito de um marketplace B2B e como aplicá-lo em sua empresa de maneira eficiente.

ATMA IT - Como fazer um marketplace B2B

Desvendando um marketplace B2B

O que é um marketplace?

Market em inglês significa mercado e place significa lugar, portanto basicamente marketplace significa um local no qual se faz comércio de bens e serviços, e altamente presente no meio virtual. Ou seja, são nesses ambientes que vendedores e compradores iniciam ou realizam transações.

Com o grande aumento das buscas por produtos pelos meios digitais, os marketplaces se tornaram uma das maneiras mais eficientes de negociação de mercado. Dessa forma a conexão entre compradores e vendedores se tornaram muito mais práticas e rápidas.

E um marketplace vai além! Sua atuação não baseia-se somente na reunião de produtos e serviços. Eles também fornecem atendimento ao cliente para os compradores digitais, e permite que as empresas tenham subsídios para agregar valor ao produto ou serviço prestado. Por toda a jornada de compra do cliente ser realizada digitalmente, o marketplace permite reunir inúmeras informações que poderão ser utilizadas estrategicamente.

Como funciona um marketplace B2B?

O marketplace B2B possui uma única particularidade: os clientes são empresas, ou seja, todos os produtos e serviços ali negociados serão feito entre empresas e essa particularidade implica em particularidades, principalmente, legais e tributárias.

Ao contrário de compras feitas por consumidores finais, nas quais os preços não sofrem variações e as cobranças e pagamentos ocorrem de maneira mais simplificada, o marketplace B2B necessita de atenção em diversos fatores.

Normalmente, as negociações B2B são baseadas em contratos estabelecidos entre empresas, na qual estão garantidas determinadas condições de transação (preços, descontos, valores, prazos de entrega, diferimento de pagamento, pagamento parcelado, etc.).

E todas essas condições são dependentes do status do cliente, seu volume de compra, regularidade de pagamento e anos de colaboração, sem mencionar a confiança mútua. Mas não esqueça que uma empresa também podem não fazer compras com recorrência, o que não demandará qualquer contrato com condições especiais. Dessa forma o marketplace B2B deve permitir que esses clientes também comprem ou façam pedidos pontuais.

O que está por trás de um marketplace B2B

Uma das principais vantagens do marketplace B2B é a facilidade de sua empresa ser encontrada. Hoje, cada vez mais empresas estão iniciando suas tomadas de decisão de compra digitalmente, quando não realizam todo o processo on line. Logo, estando seu público alvo definido, se torna muito mais simples estabelecer estratégias que atendam as necessidades dessas empresas.

Marketplaces B2B é uma excelente maneira de se extrair dados das empresas clientes, como volume de consumo, tendências de aquisição, monitoramento digital, entre outros. Ou seja, é possível ter facilidade e robustez nos momentos de negociação. Porém, tratando-se do mercado brasileiro existem alguns impasses.

Por conta da complexidade tributária do Brasil, na qual cada estado possui taxas de ICMS varia de acordo a cada estado, por exemplo, é preciso ter muita atenção às negociações. Por exemplo, um motor de um equipamento que custaria R$ 500,00 para um estado, custará, R$ 574,00 para outro.

Essas e outras tributações trazem a necessidade de personalização da venda para cada um dos clientes, de acordo ao estado, volume de compra, produto ou serviço adquirido, além das personalizações e acordos feitos com empresas fiéis e parceiras, como descontos por exemplo.

Plataforma de marketplace B2B, fundamental para sua empresa

Nesse cenário, ter uma plataforma de marketplace B2B se torna uma ‘mão na roda’ no momento de realizar uma venda. Afinal, o fato de as negociações com as empresas clientes terem que ser feitas de formas diferentes, devido ao cenário tributário, pode ser minimizado ou eliminado através de uma plataforma muito bem parametrizada.

Um marketplace B2B te permite realizar uma navegação inteligente dos seus clientes através da elaboração de atributos que o caracterizam e que permita personalizar o conteúdo entregue, preços, descontos, promoções, entre outros conteúdos, de acordo com os critérios de cada um.

Além disso, é possível ter o histórico de compra, as preferências de buscas, além de outros dados e informações que contribuem para a definição de estratégias de marketing e vendas. O que torna seu negócio estratégico e escalável.

Portanto, mesmo com um cenário que dificulta a venda, ter uma plataforma de marketplace B2B é a melhor maneira de entregar o produto certo, com o valor certo e as condições corretas, para cada um clientes. Tudo isso por meio da personalização.