7 pontos que entregam a ineficiência da sua plataforma B2B

Para qualquer negócio atuante no mercado voltado a soluções para empresas, uma plataforma B2B bem estruturada pode resultar na consolidação das vendas ou no fracasso delas. Os mecanismos de busca, por exemplo, têm papel importante na aquisição de novos clientes e falhas na indexação podem gerar baixo desempenho.

Esse é apenas um exemplo do que pode estar ruim em uma plataforma, mas existem diversos outros problemas. Até a forma como você dispõe os produtos pode fazer diferença!

A plataforma B2B é muito usual em países como os Estados Unidos. No Brasil, ela tem ganhado espaço com o tempo, mas já aparece como peça-chave para grandes empresas, como Unilever, Ambev, Mercedes-Benz e outras.

A eficiência da plataforma B2B mostra não apenas o profissionalismo da empresa ou seu entendimento tecnológico, mas dá às empresas consumidoras a chance de conseguir efetuar suas compras de forma segura e assertiva.

Confira alguns pontos que revelam a ineficiência da plataforma na sua empresa e confira como ela deve se comportar.

1. O sistema de pesquisa não funciona

Para um tráfego qualificado, é essencial que o mecanismo de busca seja rápido e coerente – para demonstrar os melhores resultados ao futuro comprador.

Se o vendedor B2B não oferece essa opção, ele pode perder até 60% dos seus acessos. Por sinal, a ferramenta tem que ser efetiva no sentido de oferecer a correção de erros ortográficos ou a busca por atributos e palavras específicas.

2. A apresentação dos produtos é ruim

Os produtos precisam estar destacados levando em consideração o perfil de quem compra – isso tem relação com ter um catálogo específico dos produtos oferecidos a cada cliente em potencial.

Uma boa dica é ter fotos de qualidade, mesmo porque muitas vezes os clientes acabam comprando “com os olhos” e as imagens em baixa resolução podem não dar todos os detalhes do produto – desestimulando o comprador.

3. Página de detalhamento com muitos itens

O cliente gosta de analisar o seu produto e conhecer mais sobre ele lendo os detalhes que são apresentados na tela – com fotos e comparando outros produtos similares.

No caso do mercado B2B, os clientes já conhecem muito bem o produto e nem sempre querem ver esta página detalhada. Por outro lado, a página torna-se uma opção, mas não uma obrigação.

O que devemos considerar é a inclusão de códigos de produtos, já que muitos compradores B2B estão acostumados a esse sistema. Quando decidir o que vai levar, ele deve saber qual código indica o produto que procura. Portanto, toda empresa deve oferecer essa opção nas suas plataformas.

4. A plataforma B2B não facilita a compra regular

Uma plataforma B2B também deve ter a opção para o comprador fiel, que faz a transação constantemente. Os produtos já são conhecidos e o cliente quer apenas repetir o pedido – para isso, recomenda-se oferecer a possibilidade de copiar a transação anterior com apenas um clique.

Uma lista de compras feita a partir dos últimos pedidos deve estar disponível.

5. Falta de descontos progressivos

Muitos compradores B2B gostam de navegar na internet pesquisando sobre os produtos e identificando as promoções. Uma plataforma B2B eficiente é aquela que oferece descontos progressivos e várias condições de pagamento, que podem variar conforme a quantidade.

6. O layout não é amigável

O e-commerce B2B inclui pedidos e a finalização do processo como passos obrigatórios – e eles devem ser sempre rápidos. Além de facilitar o processo de compra, esse cuidado diminui o abandono de carrinho. A recomendação é usar ferramentas que auxiliam a inclusão dos itens sem que o usuário precise passar por muitas páginas.

7. Dados desperdiçados

De e-mail a tempo de empresa, os compradores podem informar diversos dados no momento do cadastro. Se essas informações não forem usadas a favor da eficiência da sua plataforma B2B, então é preciso rever algumas questões internas. Os dados dos compradores são um bem mais do que precioso e podem guiar suas futuras tomadas de decisão.

Eficiência da plataforma B2B garante aumento nas vendas

Se o usuário tem um acesso confortável, com uma finalização de processo de compra eficaz, ele garante futuras compras a partir da satisfação – isso aumenta as vendas.

Com uma plataforma B2B eficiente, você pode oferecer um serviço melhor, apostando na experiência positiva do cliente, que não precisa de tabelas para compreender os preços e os descontos, por exemplo.

Ela torna possível também atender clientes de diferentes lugares – mesmo os pequenos compradores (que são muito importantes para o negócio). Com isso, aumenta-se o ticket médio de venda.

Por fim, se você garantir que sua plataforma B2B seja eficiente, basta encontrar formas de tornar o endereço conhecido – através de cartão de visitas, sites, redes sociais, assinaturas de e-mail e outros.

Quer outras dicas? Assine nossa newsletter e receba informações sobre o mercado B2B no seu e-mail toda semana.