4 dicas para aumentar a retenção de clientes

 

Conseguir novos clientes é um dos maiores objetivos de empresas B2B  e o sucesso dessa tarefa costuma resultar em felicitações de colegas. Mas o que muitas empresas não consideram é que o esforço na retenção de clientes pode gerar mais resultado do que na aquisição de novos consumidores. Segundo uma pesquisa feita pela empresa de automatização de marketing, a Act-On, o investimento em retenção de clientes pode gerar um aumento de 25% a 95% de lucro comparado ao investimento em aquisição. Ou seja, negligenciar a fidelização do consumidor gera perda de oportunidade. Mas como e onde os esforços devem ser aplicados para trazer resultados? Veja quatro dicas para aumentar a retenção de clientes e garantir uma maior lucratividade.

1. Defina quem ficará responsável pelo relacionamento com o cliente

Se o negócio exige uma ação de pós-venda mais intensa, a retenção de clientes ficará por conta da equipe de pós-vendas que irá criar um relacionamento próximo com o cliente, atendendo suas necessidades e fortalecendo o negócio, nesse caso a retenção do cliente está ligada diretamente à satisfação que terá após a aquisição. Agora, se o negócio não exigir uma ação de pós-venda, que é o caso de empresas que possuem contratos anuais, como as seguradoras, o marketing será responsável pela retenção de clientes, especialmente onde não há contato com o cliente após o fechamento do negócio.

2. Aumente o engajamento ao identificar os momentos do seu cliente

Ao possuir um envolvimento consistente com o seu cliente é possível antecipar os próximos passos e aproveitar os momentos de verdade (onde o cliente possui dúvidas e o relacionamento está mais fraco) para apresentar soluções. Há momentos do cliente onde é possível aumentar a proposta de valor, são pequenos momentos em que há uma oportunidade para engajamento em retenção. Segundo a vice-presidente de desenvolvimento e operações da Theory Global, Tamara Grunebaum, os principais momentos do cliente em que você deve se concentrar ao trabalhar o engajamento para retenção são: “Eu quero ir”, “Eu quero fazer”, “Eu quero saber”, “Eu quero comprar” e “Preciso de ajuda”. Esses pequenos momentos irão ajudá-lo a identificar as necessidades dos clientes em cada ponto de suas jornadas.

3. Desenvolva uma cultura de orientada para o cliente

É importante que os seus funcionários amem a sua empresa e o clima seja positivo, para que o seu cliente sinta essa mesma vibração e tenha um relacionamento afetivo com a sua marca. Para isso é importante trabalhar o endomarketing, levar o funcionário a conhecer todas as etapas da sua empresa e entender de forma clara qual o objetivo da empresa para que ele possa contribuir com a jornada do cliente.

4. Construa uma comunidade robusta envolta da sua empresa

Uma comunidade formada por pessoas, que incluem fornecedores, funcionários, clientes e parceiros, é essencial para reter clientes. Unir pessoas por conta da histórias e crenças de um negócio você aumenta a notoriedade e dá aos clientes um motivo para engajar com a sua marca.

Para isso é preciso ter parceiros e clientes fiéis ao seu produto/serviço, que irão divulgar e defender o seu negócio como fãs. Após criar uma comunidade conectada à sua marca é importante estimular e deixar que elas compartilhem suas experiências. Isso pode ser feito por meio de eventos, que podem ser promovidos em plataformas online. 

Quer mais dicas de um negócio B2B saudável e rentável? Continue acompanhando nosso blog 😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *