O que é Marketing para e-commerce B2E

O que é marketing B2E

Independente da sua empresa ser voltada para o mercado B2B (Business to Business) ou B2C (Business to Consumer), ela pode render ainda mais se também apostar nas vendas B2E (Business to Employee).

Mas marketing B2E não se trata apenas de promover vendas de produtos para os funcionários da empresa. Também significa melhorar a comunicação interna e apostar em ferramentas personalizadas para compartilhamento de informações e, assim, aumentar o engajamento dos seus funcionários. Falamos mais sobre o assunto a seguir, confira: 

Como fazer um bom marketing B2E

Além de apostar em estratégias de comunicação com o público externo, toda empresa deve investir em ações para melhorar o diálogo interno. É aí que entra o marketing B2E, um conjunto de ações que têm como objetivo aumentar a conexão entre marca e empregados. 

Um dos pontos mais importantes sobre este tipo de marketing é que ele é baseado em benefícios mútuos para a empresa e o seu colaborador. Nas vendas de produtos feitas para os próprios funcionários, por exemplo, o colaborador tem acesso a descontos exclusivos, diferentes daqueles encontrados no mercado. A empresa, por sua vez, tem oportunidade de vender para mais um perfil de consumidor. 

É interessante oferecer aos colaboradores a possibilidade de fazer compras parceladas. Basta estabelecer um limite de compras e fazer o desconto diretamente da folha de pagamento. Assim, as vendas são mais seguras para a empresa e o pagamento é facilitado para o empregado. 

Estratégias de marketing B2E

Existem algumas semelhanças entre os marketings B2B, B2C e B2E. Uma destas semelhanças é que todos eles devem ser focados nas necessidades dos seus públicos-alvo. Outro ponto em comum é a necessidade de personalização da comunicação. 

Quando estratégias de marketing B2E são implementadas na empresa, não são só os produtos vendidos pela empresa que ficam mais interessantes para os seus colaboradores. Eles também se sentem mais conectados e compreendidos pela marca e ficam mais motivados e produtivos para desempenhar suas tarefas. Para isso, alguns cuidados são importantes: 

Múltiplos canais de comunicação 

Para conquistar o seu público B2B ou B2C, você precisa investir em múltiplas plataformas de venda e comunicação, certo? Algo semelhante acontece com o seu público B2E. Você também precisa apostar em múltiplos canais para conquistá-los e atrair sua atenção. E-mail, reunião, webinar e newsletter são algumas das ferramentas que podem ser utilizadas para transmitir as suas mensagens.   

Outro cuidado importante no marketing B2E é ter uma mensagem clara e bem estruturada que esteja de acordo com os valores da empresa. 

Produtos que fazem diferença para o colaborador

Também é importante saber que o marketing B2E deve englobar todos os benefícios que a empresa oferece para reter os seus talentos e melhores profissionais. Sendo assim, também deve promover flexibilidade de horários, oportunidades de ensino e planos de carreira. 

A compra de produtos vendidos pela empresa com bons descontos é mais um exemplo de benefício que ajuda a reter os seus colaboradores. Mas é essencial que os produtos disponíveis tenham valor para os seus colaboradores. Ou seja, devem ser ofertas, de fato, interessantes para eles. Assim, há uma maior probabilidade de venda e de que os funcionários fiquem satisfeitos com o negócio e com a empresa para a qual trabalham. 

Muito mais do que intranet: um portal B2E

Você já ouviu falar em portal B2E? Ele é uma evolução do e-mail, da intranet e de outras ferramentas utilizadas para comunicação corporativa. Um dos principais diferenciais do portal, em relação à intranet, é que ele reúne uma série de informações e ferramentas em um só ambiente. Assim, apresenta links externos e internos que podem ser interessantes para o colaborador. Mas vai além: também tem aplicações, notícias e até um e-commerce onde as negociações B2E podem ser feitas de forma simplificada. 

Outra característica própria do portal B2E é que este é um canal personalizado e focado no ponto de vista do funcionário e não da organização, como acontece na intranet. Cada colaborador tem funções, interesses e preferências únicas. Então porque não permitir que o portal utilizado por eles possa refletir estas especificidades? O portal pode ser customizado para que cada funcionário acesse em seu desktop apenas aquilo que é útil para ele. Assim, a empresa respeita as diferenças entre os seus empregados e permite que cada um deles crie o seu próprio portal. 

Tanto quanto é importante criar uma loja virtual para que cada um dos seus clientes externos se sinta bem atendido pela sua empresa, também é importante deixar que cada um dos seus funcionários crie o seu próprio portal B2E, ou seja, a sua própria versão da empresa, sempre respeitando os valores e política internos. 

A sua empresa já conta com boas estratégias de marketing B2E? E com um portal completo que contribui para o engajamento dos colaboradores? Deixe sua opinião nos comentários. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *