M-Commerce: o que é?

Você já ouviu falar em m-commerce? Ele também pode surgir em uma conversa sobre vendas online com o nome mobile-commerce. O termo diz respeito à experiência oferecida por uma empresa para clientes que acessam o seu site a partir de dispositivos móveis, como o smartphone e o tablet. 

Acompanhe a leitura para saber mais sobre o m-commerce e sobre como ele vem mudando a forma como empresas, B2B e B2C, apresentam e vendem produtos online!

Como o m-commerce contribui para o aumento da lucratividade do negócio

Existem muitas possibilidades de canais para se fazer compras. As lojas físicas, o setor de televendas, o notebook e o smartphone são alguns exemplos. Quanto mais canais a empresa oferece, maiores são as oportunidades de negócio. O consumidor moderno quer receber uma experiência omnichannel completa, ou seja, quer ter a possibilidade de escolher entre estes e outros canais para realizar as suas pesquisas e concluir a compra. E não basta oferecer a possibilidade de acesso em todos os canais, é preciso investir na criação de uma excelente experiência em todos eles. 

É aí que entra a importância do conceito m-commerce, que diz respeito ao fato de que as empresas precisam pensar em formas para otimizar o acesso das suas plataformas de vendas nos aparelhos móveis. Não basta mais ser responsivo, é preciso pensar em um design nativo. Pensado para o celular ou tablet, de forma que todos os botões, imagens e funcionalidades sejam desenvolvidas para funcionar de forma eficiente nestes aparelhos.

Quando isso acontece, a empresa tem grandes chances de conquistar uma considerável parcela de consumidores, aqueles que usam o celular para pesquisar por produtos ou até fechar o negócio. Para se ter uma ideia do quanto isso pode representar para os lucros da empresa, basta olhar ao redor: o celular está em toda parte, sendo usado para inúmeras atividades, entre elas, para a compra de serviços e produtos. 

Como o m-commerce influencia o comércio B2B

Clientes B2C já utilizam o mobile commerce para fazer as mais variadas compras – para chamar um Uber, por exemplo, ou para comprar aparelhos eletrônicos. Mas e o cliente B2B, será que ele também é atraído por este tipo de comércio? Com certeza! A rapidez e a flexibilidade, oferecidas pelo m-commerce, também conquistam lojistas e empresários que buscam mais praticidade no seu dia a dia. Cada vez mais clientes B2B utilizam aparelhos móveis para:

  • Pesquisar mercadorias
  • Ler resenhas de produtos
  • Comparar funcionalidades
  • Comparar preços

O aparelho móvel permite que estas atividades possam ser feitas a partir de qualquer lugar – por isso, apostar no m-commerce também ajuda a fidelizar o cliente B2B. Mas, para que realmente haja praticidade na pesquisa e na compra, é preciso que o site da empresa que vende os produtos apresente algumas características essenciais. 

Desafios do m-commerce

Há alguns desafios envolvidos no m-commerce, como a tela de tamanho reduzido. Como fazer com que as funcionalidades utilizadas no site desktop funcionem perfeitamente também nos dispositivos móveis? A melhor solução é pensar em um design nativo, específico para tablets e smartphones. 

A versão mobile do site deve oferecer velocidade de navegação, segurança na compra, pesquisas rápidas e menus intuitivos. No caso da venda mobile B2B, é preciso ainda incorporar informações e funcionalidades próprias deste tipo de comércio: como termos de pagamento, visualização de preço de acordo com os tributos pagos no estado do cliente e informações técnicas detalhadas sobre o produto. 

Uma boa plataforma é essencial para que o seu negócio se destaque no mercado! Conheça as soluções disponibilizadas pela Atma IT.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *