Como conectar meu ERP a uma plataforma B2B?

A integração de processos e dados é necessária para garantir o bom gerenciamento de uma empresa, certo? Para isso, a melhor solução é contar com um bom sistema ERP, que facilite tarefas, elimine riscos e dê suporte a todas as atividades realizadas no negócio. 

Isso vale para negócios de todos os setores, inclusive para quem atua no comércio digital. Nesse caso, a integração é essencial para garantir vendas mais rápidas e precisas. Mas, quando o e-commerce é direcionado para o público B2B, existem alguns cuidados importantes – que não são necessários quando a loja vende para o consumidor final. Por isso, a integração de um sistema ERP com uma plataforma B2B é diferente da integração com uma plataforma B2C. Saiba mais: 

Porque a integração de um sistema ERP deve ser diferente quando o e-commerce é B2B

Podemos dizer que as vendas B2B são muito mais complexas do que as vendas realizadas por uma loja virtual B2C. A primeira razão para isso são os preços dos produtos. Se o valor de um livro vendido a um consumidor final em Belo Horizonte é o mesmo cobrado para um consumidor no Rio Grande do Sul, isso não acontece quando a venda é realizada para empresas. No comércio B2B há uma série de fatores que podem influenciar o preço de uma mercadoria: o estado de origem da empresa que faz o pedido, ICMS, IPI e uma série de regras fiscais que regulam a venda de produtos em território brasileiro.

Os impostos e taxas cobrados no Brasil podem fazer com que um mesmo produto tenha centenas de preços diferentes no comércio B2B. Além disso, podem haver alterações diárias no valor da mercadoria, baseadas em estoque e concorrência. O sistema ERP deve dar suporte a todos estes cálculos, garantindo que não aconteçam divergências de preços independentemente do canal em que a compra esteja sendo realizada. 

Outro ponto que aumenta a complexidade da integração ERP com uma plataforma B2B é o estoque – principalmente quando o negócio conta com mais de um Centro de Distribuição. É preciso que as informações estejam sempre alinhadas e atualizadas na plataforma B2B. Para isso, todas as informações de vendas realizadas – sejam elas feitas por telefone, representante de vendas ou site – devem estar integradas no sistema ERP. 

Também devem ser consideradas na estratégia de integração a emissão de segunda via de notas fiscais, notas DANFE, boletos e do guia GNRE. Os diversos canais utilizados pelo e-commerce e as suas funcionalidades devem estar integrados para assegurar um excelente atendimento ao cliente.  

Acompanhamento de pedidos e perfis de clientes

A integração deve considerar ainda o acompanhamento de pedidos. Os clientes devem conseguir verificar o status das suas compras independentemente do meio escolhido para realizá-la. 

Vale citar ainda a segmentação de clientes cadastrados – um diferencial importante no comércio B2B. A possibilidade de apresentar um atendimento personalizado de acordo com as características de cada empresa – como o seu estado de origem e o seu limite de crédito, por exemplo – é algo que potencializa as vendas online. A integração ERP também deve permitir, portanto, a exportação dos dados cadastrados dos clientes e a classificação de acordo com o perfil de cada um. 

Você já conhece as soluções oferecidas pela Atma TI? Acesse o site e saiba mais sobre a plataforma Atma B2B!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *