As três grandes tendências nas vendas em atacado

Talvez você pense que sua empresa de atacado chegou a um ponto onde não há nenhuma melhoria a ser realizada. O que é ainda mais preocupante é que por algum motivo as vendas não aumentam, ou até mesmo estão caindo.

Se isto está acontecendo, em algum ponto sua empresa parou de seguir as tendências de mercado e deixou a experiência do consumidor para trás. De maneira ainda mais pontual, sua empresa pode ter negligenciado três grandes tendências do atacado, que afetam diretamente o relacionamento com outras empresas e com consumidores finais.

Veja quais são essas três tendências, como elas influenciam o mercado e como sua empresa pode se adequar a elas.

1. As expectativas dos consumidores está mudando

Clientes hoje em dia preferem um atendimento mais pessoal e gostam de saber o que está acontecendo em todas as etapas da compra. Quanto mais conectado tecnologicamente falando com sua compra, melhor.

Isso remete a necessidade do atacado de investir em novas tecnologias que facilitem o acesso e acompanhamento dos produtos. Na visão das empresas, tais tecnologias recebem o nome de ferramentas de Business Inteligence (inteligência empresarial) e buscam controlar os processos com visões passadas e projeções, criando uma nova visão estratégica.

Satisfazer as expectativas do cliente não apenas torna sua marca mais confiável mas também cria vantagens competitivas ao torná-los potenciais fontes de marketing para sua empresa.

2. Eficiência é tudo hoje em dia

Uma tendência atual é a implementação de omni-channel tanto para vendas para outras empresas (B2B) ou para os consumidores finais (B2C).

O termo omni-channel define a existência de múltiplos canais de relacionamento entre a empresa e os clientes. Dessa forma, o cliente pode escolher a maneira mais eficiente e/ou mais interativa de acordo com seu modelo de negócio (B2B ou B2C) para realizar suas compras (lojas físicas, virtuais, telefone, internet, etc.)

Clientes dificilmente arriscam, principalmente em vendas no atacado. Isso faz com que empresas que oferecem a melhor experiência sejam preferência nas escolhas. Novamente o termo omni-channel surge, pois engloba também tecnologias outrora emergentes e agora consolidadas, como aplicativos em celulares e ferramentas de Business Inteligence.

Contudo, a eficiência não é apenas preocupação do setor de vendas e marketing. No atacado, ela deve ocorrer de forma integrada, englobando a logística e distribuição. A boa notícia é que as ferramentas de Business Inteligence citadas anteriormente também podem resolver esse aparente problema quando aplicadas na gestão do conhecimento.

3. Cada vez mais negócios são impulsionados por informações

As soluções tecnológicas de Business Inteligence e omni-channel conduzem as empresas a outra vantagem: a obtenção de dados. Com a plataforma correta, todos processos geram informações que quando postas em conjunto e analisadas levam a decisões acertadas para futuros negócios.

Essa é a maior diferença em relação aos antigos promotores de vendas e os atuais. Antigamente as vendas eram baseadas apenas na troca de números (preço, lucro, datas de entrega, etc.). Hoje o vendedor segue uma estratégia, que pode ser baseada nos dados anteriores do cliente, e ainda ajudá-lo a saber do que precisa e quando precisa, isto é, a realizar melhores decisões de compra.

De forma mais concisa, a sugestão é adequar sua empresa a novas tecnologias que integrem os diversos setores e melhorem o relacionamento com o cliente em todas as etapas da compra, promovendo a transparência.

Com sua empresa a par dessas novas tendências, os limites de lucro podem ser ultrapassados o crescimento pode ser uma nova realidade.

Caso tenha alguma dúvida entre em contato conosco!

Continue acessando nosso blog para saber mais sobre marketing, business Inteligence e soluções de TI.