Como aumentar o ticket médio em distribuição ou atacado?

Distribuidor e atacadista enfrentam desafios diários em relação ao armazenamento e gestão de informações de pedidos online. Falta integração, uma boa plataforma de gestão, mas muitas vezes, o grande erro é estratégico e não necessariamente relacionado à ferramenta de e-commerce B2B. É claro que usar um software de gestão de vendas, manter uma lista de preços dinâmica, personalizada e atualizada ajudam bastante na experiência de compra e venda de mercadorias, mas para aumentar o ticket médio em distribuição ou atacado, existem algumas ações simples que podem ser realizadas.

1. Aposte em boas imagens dos produtos

Imagens dos produtos em alta resolução armazenadas em um catálogo digital, disponível 24 horas por dia aos seus clientes, o distribuidor ou atacadista é capaz de mostrar produtos de uma forma mais organizada, detalhada e visual. Algumas vezes, há produtos tão parecidos que o cliente fica confuso se as informações não forem bem detalhadas, o que inibe a compra. Ou seja, quanto mais informações de um produto (seja ele um software ou hardware), mais confiante o consumidor estará na hora da compra, o que acaba resultando em um ticket médio maior.

2. Aumente a participação dos produtos com maior margem

Trabalhar bem o catálogo de produtos significa tanto oferecer produtos com maior giro e com valores mais baixos quanto oferecer aqueles que demandam mais tempo de convencimento dos clientes de suas vantagens. Um produto mais complexo e mais caro pode trazer uma margem de lucro bem maior para a empresa e aumentar o ticket médio dos clientes. Ou seja, não limite seu catálogo somente a produtos que vendem bem. Aposte também naqueles de maior valor agregado e convença o usuário do porquê vale a pena compra-lo.

3. Ofereça facilidades para comprar

Quanto mais fácil for o processo de compra em sua plataforma e-commerce, mais os clientes irão comprar dele. Existem diversos fornecedores e certamente o consumidor vai escolher aquele em que é mais vantajoso, fácil e rápido de concluir o negócio. Se o varejista precisa comprar um produto que acabou em seu estoque, a agilidade tanto no processo de compra quanto de entrega precisa ser contemplada por sua empresa. Deixar o usuário logado mesmo depois que deixa seu site é uma prática que também torna a experiência de compra positiva, já que ele não precisa se identificar toda vez que visita seu e-commerce B2B. Aqui, a importância de um site limpo e bem organizado, com um catálogo de produtos atualizado e com estoque garantido, é sentida mais fortemente pelo usuário.

4. Abuse do Up Sell e Cross Sell

Políticas que sugerem automaticamente produtos similares e com preço maior (Up Sell) ou ainda que visam o aumento das vendas cruzadas de um outro produto relacionado (Cross Sell) podem contribuir bastante para aumentar o ticket médio das compras. A recomendação de um produto na mesma página de outro é um ótimo jeito de gerar mais venda. Se o usuário está na página de um HD de 500 GB, por que não oferecer a venda de memória RAM ou mesmo de um HD com maior capacidade? Peças de informática e softwares sempre trabalham em conjuntos e por isso as opções são virtualmente infinitas.

5. Crie um programa de recompensas

Para fomentar o aumento do ticket médio em distribuição ou atacado, a empresa pode criar um programa que associe recompensas às faixas de gasto no carrinho de compras ou mesmo ao número de produtos adquiridos de cada segmento. A definição de recompensas varia de acordo com os objetivos da distribuidora e também ao orçamento disponível. Podem ser pontos cumulativos que gerem desconto, leve 11 pague 10, descontos diretos e assim por diante. Quando você oferece desconto nas compras por quantidade, induz o cliente a comprar mais unidades do mesmo produto. Para isso, é importante que a economia que o usuário terá seja explicitada claramente, incentivando ainda mais a compra em maior quantidade.

Ficou com alguma dúvida sobre como aumentar o ticket médio no seu e-commerce B2B? Deixe um comentário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *